AVANÇO EXPRESSIVO DO TRANSPORTE DE GRÃOS

Escrito por: Antf | postado em: 17/06/2022

Modo ferroviário responde pela movimentação de cerca de 40% das commodities agrícolas

 

As ferrovias de carga têm um papel essencial no comércio exterior brasileiro e contam com uma participação crescente no volume transportado anualmente. Mais de 90% dos minérios chegam aos portos pelos trilhos, por exemplo.

 

Os trens de carga respondem ainda pelo transporte de cerca de 40% das commodities agrícolas exportadas. No caso do açúcar, esse índice é de 59,9%; O transporte ferroviário do farelo de soja e da soja corresponde, respectivamente, a 51% e a 33% do volume total que chega aos portos.

 

Há ainda boas perspectivas no segmento de contêineres, cuja movimentação cresceu, em 2021, mais de 138 vezes em relação ao início das concessões: as ferrovias associadas a ANTF transportaram no ano passado mais de 483 mil TEUs (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés), diante dos 3.459 registrados em 1997.

 

Porto de Santos

 

O modo também tem ampliado a sua participação no deslocamento de mercadorias até o porto de Santos, um dos principais portos do País e responsável por mais de 12% da exportação brasileira. Em 2010, as cargas transportadas pelos trens somaram 19 milhões de toneladas, 19,5% das mercadorias que passaram pelos terminais do porto, destinadas à exportação, naquele período. Em 2021, chegou a 43,6 milhões de toneladas, 44% das cargas. No caso do açúcar, o porto santista foi responsável no ano passado pela exportação de 18,8 milhões de toneladas (74% da exportação da commodity do Brasil); 56,2% daquele volume chegaram via trilhos.

 

Com os novos e robustos investimentos das associadas da ANTF — especialmente os da Rumo, aprovados em maio de 2020 com a renovação antecipada do contrato de concessão da Malha Paulista, e que visam a mais do que dobrar a sua capacidade, de 35 milhões para 75 milhões de toneladas até 2025 —, os percentuais acima deverão aumentar consideravelmente. A expectativa é de que, em dez anos, o modal responda por pelo menos metade das mercadorias que chegam e saem do cais santista.

 

Seguindo a experiência bem-sucedida de grandes portos dos Estados Unidos, Europa e China, a saída para a superação dos gargalos logísticos será via ampliação do modal ferroviário.

 

Informações do Setor

Comunicação e Imprensa

SETOR DE AUTARQUIAS SUL - QUADRA 01
BLOCO J - ED. CNT - TORRE A | SALA 605
70070-010 | BRASÍLIA/DF
Ver no mapa
  • T. (61) 3212-8900
  • F. (61) 3212-8919
Fechar

Fornecedores

Inscrições no local.

Fechar

PÚBLICO EM GERAL

Inscrições no local.

Fechar

IMPRENSA

Inscrições no local.

Fechar

Aviso

Agradecemos
seu contato

Sua mensagem foi enviada com sucesso!

Fechar

Aviso

Agradecemos
a sua inscrição

A organização enviará um e-mail com a confirmação do seu nome na lista de participantes do VII Brasil nos Trilhos 2018.